Sistema de Pontuação de Vinhos: Entenda Como Funciona

de Wine em Casa em April 25, 2022

Existem diversos prêmios para vinhos e certamente você já deve ter ouvido falar de algum deles, baseados em um sistema de pontuação criterioso, estes prêmios elegem os melhores rótulos de categorias distintas. Apesar disso, este sistema de pontuação ainda causa uma grande confusão entre os menos experientes no ramo dos vinhos, mas se você tem dúvidas ou curiosidade a respeito, não se preocupe, vamos te informar tudo que precisa saber sobre o sistema de pontuação de vinhos a seguir.

Com a diversidade de vinhos no mercado, os sistemas de pontuação de vinhos surgem como uma forma de classificar e ajudar o próprio consumidor na hora da escolha do seu vinho, mas além disso, estes sistemas também têm a capacidade de alavancar vendas e influenciar nos preços dos vinhos, mesmo antes de saírem das vinícolas.

Estes sistemas de pontuação vão padronizar e especificar as bebidas por meio com pontos atribuídos pela qualidade de cada garrafa, que é a classificação mais comum. São atribuídas notas aos vinhos degustados com base no aspecto visual, olfativo e gustativo, com base na qualidade e tipicidade do vinho. Normalmente, esta pontuação é feita em grupos e sem saber qual é o vinho. É importante frisar que o método de avaliação não é decisivo, pois vai depender da preferência pessoal de cada um dos degustadores.

Para atribuir as notas, são utilizadas fichas com critérios padronizados, que são avaliados separadamente, como uma forma de seguir um padrão o mais técnico possível. Quanto às notas, o comum é que a pontuação varie entre 50 e 100, onde 90 a 100 é a nota mais alta e mais difícil de ser alcançada.

50 a 59: os vinhos que recebem essa pontuação são tidos como inferiores, de qualidade que é recusada por paladares exigentes.

60 a 69: esta pontuação é atribuída a vinhos de qualidade abaixo da média, por serem considerados desequilibrados ou com falhas.

70 a 79: os vinhos desta classificação são considerados de qualidade média, por serem agradáveis, mas sem muita complexidade em sabores, aromas e corpo.

80 a 89: os vinhos enquadrados nesta pontuação possuem poucos defeitos e são considerados bem elaborados.

 90 a 100: esta pontuação é atribuída somente a vinhos excelentes, raros ou extraordinários.

Os principais sistemas de pontuação de vinhos são: Guia Descorchadas – segue o sistema de classificação 50 a 100, avalia vinhos do Chile, Argentina, Brasil e Uruguai; Decanter Magazine – pontua vinhos do mundo todo, também com o sistema 50 a 100; James Suckling – os rótulos são classificados pelo sistema de 100 pontos, onde são considerados apenas vinhos acima de 90 pontos; Wine Spectator – pontua os vinhos segundo a escala de 50 a 100, exercendo grande influência no mercado americano.